Em 2016 vamos ser muitos mais

Em 2016 vamos ser muitos mais

2016-01-01

O ano de 2016 ainda mal começou e a Bagos d'Ouro já tem planos muito bem definidos para o alargamento da sua atividade, com base num trabalho de preparação que já há muito se vinha desenvolvendo com esse objetivo. Em 2015 eram 44 as crianças e jovens que a instituição acompanhava; em 2016 passarão a ser a 52.

"Preparámos o ano de 2016 com maior Responsabilidade porque vemos aproximar-se o momento em que os nossos primeiros jovens vão iniciar a sua inserção na vida ativa – etapa que queremos continuar a apoiar até sabermos que ajudamos a formar homens e mulheres de sucesso, capazes de inverter o ciclo de pobreza que ainda caracteriza o Douro", explica Inês Taveira, coordenadora-geral da Bagos 'Ouro. 

"O novo ano implicará também maior Comprometimento porque em 2016 iremos aumentar para 52 o número de crianças e jovens a que prestamos apoio, agora alicerçado em novas formas de trabalhar que, durante o último ano, foram questionadas, analisadas e redefinidas no âmbito da consultadoria técnico-científica prestada à Bagos d’Ouro pela Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa", acrescenta a mesma responsável. 

O apoio a essas crianças e jovens acaba sempre por envolver também os respetivos pais e irmãos, pelo que, se em 2015 a instituição ajudava um total de 166 pessoas, em 2016 esse universo será largamente aumentado, de forma a incluir a família dos recém-chegados. Inês 
Taveira mostra-se, por isso, consciente de que "o cumprimento dos objetivos traçados para 2016 exigirá um esforço acrescido não só de toda a equipa da Bagos d’Ouro, mas também dos vários parceiros que são um suporte essencial à atividade desenvolvida pela associação". 

Esse grau de exigência não esmorece, contudo, o otimismo da coordenadora-geral: "Temos a certeza de que continuaremos todos determinados na promoção da Educação como forma de inclusão social, seguros de que esse é o caminho para que 'as grainhas de hoje sejam os Bagos d’Ouro de amanhã'”.

2016 adivinha-se assim um grande ano para a associação. Que esse seja também um grande ano para todos os que dela precisam, que com ela colaboram e que nela se reveem.